Sem Destino - Imre Kertész

Sem Destino, de Imre Kertész: um dos livros mais tocantes que já li. 

"Na verdade, os muros estreitos das prisões não conseguem reprimir as asas da imaginação". (p.111)

"Transformara-me numa espécie de buraco, de vazio, e todos os meus esforços, todas as minhas preocupações, tinham como única finalidade suprimir, encher, calar esse cada vez mais exigente vazio sem fundo". (p.114) 

Postagens mais visitadas deste blog

Rádio na Alemanha

LIVROS SOBRE RÁDIO (1)